Dê valor as pequenas coisas

5/5 - (1 vote)

Assim como os seres vivos são complexos, formados desde de estruturas simples como as células, até as mais complexas como os órgãos. E um alto edifício é construído a partir de pequenos passos, como uma estrutura de concreto para começar, até o último detalhe para ficar completo. Grandes realizações pessoais, também, são construídas por pequenas ações.

O que queremos dizer é que, para tudo, essas “pequenas ações” (imperceptíveis na maioria das vezes) são quem impulsionam as grandes conquistas e fundamentam objetivos.sucesso

Desta forma, o ato de se importar com as pequenas coisas da vida torna-se necessário para se preparar para grandes conquistas. Serão essas pequenas coisas que te darão base para alcançar seus objetivos e, assim, tornar-se alguém de sucesso, de acordo com o seu ponto de vista.

Valorizar as pequenas coisas farão com que você perceba que a vida não se resume apenas em ficar rico ou ter fama, mas sim que a vida é boa pelo simples fato de você poder caminhar, respirar, sentir, desfrutar de novas experiências ou algo do tipo.

Essas pequenas coisas, que, na verdade, não são tão pequenas assim, farão com que você perceba que não é rico por ter dinheiro, mas por ter riquezas dentro de você, como o seu conhecimento, sua sabedoria e até mesmo o seu modo de viver.

Por isso, saiba a importância de reconhecer as pequenas coisas que realmente importam e não seja só mais um procurando trocar a vida por bens materiais.

POR QUE AS PESSOAS NÃO DÃO VALOR ÀS PEQUENAS COISAS?

Primeiramente, é importante destacar que nem todas as pessoas possuem os mesmos valores ou dão valor para as coisas da mesma forma, pois cada uma tem a sua forma de hierarquizar os níveis de preferência e importância.

duvida

Logo, isso pode acontecer por vários motivos. Contudo, talvez um dos maiores motivos seja viver de modo automático. Cada vez mais, as pessoas estão tão focadas em ganhar dinheiro, serem promovidas ou comprar um carro, que acabam se esquecendo de valorizar as pequenas coisas que estão ao seu redor.

Para alcançar seus respectivos objetivos, sacrificam o seu tempo com a família ou com os amigos, para, no fim das contas, trabalharem incansavelmente e, ainda, continuarem insatisfeitas.

Muitas pessoas esperam que algo grandioso aconteça para que um dia possam ser felizes e não se permitem valorizar aquilo que realmente importa, como a vida, o momento, o presente.

E na maioria das vezes, esses tipos de pessoas acreditam que existem muitos motivos para que não deem valor para as pequenas coisas do seu dia a dia, no entanto, repetimos: são essas pequenas coisas irão ser sua base para que você possa crescer!

Sendo assim, cabe a nós lhe perguntar: você tem dado valor às pequenas coisas ultimamente?

Embora isso não seja uma tarefa fácil, saber valorizar as pequenas coisas demanda a criação de hábitos relacionados a saber reconhecer essas pequenas coisas. Desta forma, o ato de você dar importância e agradecer deve ser praticado dia após dia para que, assim, torne-se algo habitual.

MAS PORQUE VIVEMOS NO AUTOMÁTICO?

Você sabia que na grande maioria do tempo vivemos no modo automático, agindo inconscientemente? A maioria das nossas ações e comportamentos são feitas sem pensar. Entretanto, de acordo com a neurociência, (área que estuda o cérebro e o comportamento humano), viver no automático às vezes pode não ser tão bom assim.

Mas afinal, por que vivemos no automático? Bom! Na verdade, isso se trata de um mecanismo do nosso cérebro. A todo momento estamos recebendo uma grande quantidade de informações através do nosso sistema sensorial e, para percebermos isso, não precisamos ir muito longe.

Pare e analise por um momento todas as informações que estão chegando até você neste momento como, por exemplo, o texto que está lendo, as pessoas que estão conversando do outro lado da sala, o barulho dos automóveis passando na rua, a sensação térmica do ambiente em que você está, o aroma deste mesmo ambiente, o cheirinho da máquina de fazer café, o vento entrando pela janela.

Cada uma dessas sensações são identificadas pelo nosso cérebro a todo momento. Desta forma, para lidar com a chegada dessas informações simultaneamente, o nosso cérebro inicia um processo filtração, baseado no que ele acredita que é bom para nós segundo as nossas ações anteriores e torna algumas ações como automáticas, o que nos permite termos mais agilidade para fazermos mais de uma coisa ao mesmo tempo.

Trata-se de um atalho do nosso cérebro para economizar energias e realizar as coisas com mais rapidez, uma vez que o ato de pensar requer esforço e tempo. Assim, por estarmos tão acostumados a seguir aquela rotina corrida e automatizada, não conseguimos parar de respirar e reconhecer o valor das pequenas coisas.

O QUE ACONTECERÁ SE VOCÊ DEIXAR DE DAR VALOR AS PEQUENAS COISAS?

Sabe aquele “bom dia” que recebemos de um amigo ou até mesmo de um desconhecido? Aquela chuvinha que cai no período da tarde e molha a terra? Ou aquela espreguiçada que damos todos os dias ao acordar? Esses são alguns dos muitos momentos que, na maioria das vezes, deixamos passar despercebidos e não valorizamos.

Poder acordar, respirar, caminhar, sentir são pequenas coisas que possuem muito valor e, ainda assim, não reconhecemos isso. Se você concordou com essa situação, provavelmente significa que não reconhecer esses pequenos valores pode ter se tornado algo habitual para você e, acredite se quiser, essa falta de valorização pode estar afetando sua vida negativamente, ainda que você não tenha percebido.

Deixar de dar valor às pequenas coisas pode fazer com que você se torne uma pessoa alienada no sentido de ter o seu foco voltado apenas para “grandes conquistas”.
Assim, quando estas não são alcançadas, consequentemente, os planos são frustrados, de modo a gerar estresse, ansiedade ou depressão e isso se torna prejudicial a sua qualidade de vida.

Essas pequenas coisas são a nossa base de vida e o ato de você respirar, rir, ler, caminhar são algumas das várias ações que devem ser valorizadas, a fim de reconhecer que não se tem a vida ganha apenas quando você conquista o sucesso, mas sim quando você a vive.

Desta forma, se não dermos valor às pequenas coisas, futuramente, iremos nos arrepender do que não fizemos, de onde não fomos, do que não conquistamos, do que não vivenciamos, das pessoas que perdemos, e assim por diante.

VALORIZAR AS PEQUENAS COISAS PODE BENEFICIAR A SUA VIDA!

Vivemos em uma vida tão corrida que parar para valorizar as pequenas coisas, às vezes, pode parecer perda de tempo, contudo, são essas pequenas coisas que são fundamentais na nossa vida. Saber valorizar as pequenas coisas pode lhe trazer um estado de felicidade e essa felicidade, de acordo com Albert Schweitzer, é a chave para o sucesso.

Estudos que traçam as linhas de felicidade indicam que as pequenas coisas são as responsáveis por trazer a felicidade de verdade. Logo, valorizar as pequenas coisas pode mudar a sua qualidade de vida e a maneira como você enxerga as coisas que estão ao seu redor, o que lhe tornará uma pessoa mais feliz com as suas conquistas, independentemente se forem grandes ou pequenas.

QUAL É A RELAÇÃO DAS PEQUENAS COISAS COM A FELICIDADE?

Há pessoas que acreditam que só serão felizes quando conquistarem aquilo que almejam e, por isso, ainda continuam sendo infelizes. No entanto, Helder Cruz já dizia que “a felicidade não está em atravessar a linha de chegada como vencedor, mas em cada passo que se dá em direção a vitória”.

felicidade

Ter o prazer de atravessar a linha de chegada é algo momentâneo, mas as experiências vividas e adquiridas durante o processo é algo recompensador. Dar valor aos pequenos passos, ou seja, às pequenas conquistas em direção ao sucesso fará com que a conquista seja mais prazerosa.

Logo, podemos dizer que a felicidade está no meio do caminho para o sucesso e não no fim. Assim, para que você seja feliz, é preciso que dê importância às pequenas coisas da vida, pois, por mais que essas coisas pareçam ser insignificantes, são extremamente essenciais para a vida. Somente valorizando cada avanço rumo ao sucesso viveremos felizes.

Então, se você é uma pessoa ansiosa, que sempre fica esperando uma grande reviravolta a qualquer momento, sem prestar atenção nesses “pequenos” detalhes, cuidado, esse acontecimento pode não ocorrer da forma que você espera. Por isso, preste atenção a cada momento da sua vida, e viva-os!

TEMPO VS PEQUENAS COISAS

Você já parou para pensar que os dias estão passando mais rápido, ou melhor, que o tempo está passando depressa? Mas e se disséssemos que, na verdade, nossa vida está passando depressa? Estamos tão imersos na correria do dia a dia, indo de um lado para o outro, que nem sequer paramos um minuto para observar o tempo passar.tempo

Há quem diga que o tempo é a coisa mais valiosa que temos e que quando perdemos nunca mais podemos recuperá-lo e essa é uma dura realidade. É visível que vivemos apressados o tempo todo e que queremos que as coisas aconteçam para “ontem”. Contudo, é importante pensar o porquê de vivermos tão apressados desse jeito.

Devemos usar o tempo com sabedoria e não com pressa ou pensando somente no futuro. Conseguindo viver durante o tempo sem estar alienado a correria do seu dia a dia começará a perceber as pequenas coisas da vida e notará que elas são essenciais para a vida e se sentirá mais realizado frente às conquistas.

SABIA QUE VALORIZAR AS PEQUENAS COISAS PODE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ VÊ A VIDA?

A cada momento, minuto ou segundo, estamos passando por algo e a forma como vivemos o nosso presente reflete a forma como estaremos no futuro. E é por isso que valorizar as pequenas coisas, os pequenos momentos que vivenciamos, é fundamental.

Quando fazemos isso, passamos a ver a vida de maneira diferente, pois passamos a ser gratos não somente pelos bens que conquistamos, mas pelos momentos que vivenciamos, pelas pessoas que estão ao nosso redor, pelas belezas da natureza, dentre outras coisas. Valorizar as pequenas coisas é olhar para elas não como algo ruim, mas como algo necessário para nossas vidas, independentemente do que for.

Sendo assim, viva e dê a importância que a vida precisa, para que, no futuro, você não se arrependa de ter ficado reclamando e não ter feito nada. Como muitos dizem, ”a vida é uma caixinha de surpresas” que nunca sabemos o que tem dentro, no entanto, só pelo fato de a tê-la já é um grande presente.

COMO RECONHECER E DAR VALOR AS PEQUENAS COISAS?

vicio em celularAinda que reconhecer as pequenas coisas possa ser difícil, neste tópico, apresentaremos algumas dicas reunidas pela The New York Times que, quando praticadas, aguçaram a sua visão para observar essas pequenas coisas que poderão trazer grandes significados para a sua vida. Vamos conferir!

 

● Tire um tempo e analise a vida: tire um tempinho do seu dia para dar uma pausa e prestar atenção nas coisas como, por exemplo: como está a cor do céu, como as pessoas estão vestidas ou quais as cores dos objetos que estão ao seu redor. Feito isso, mais tarde, tente descrever aquilo que você viu ao longo do dia, sempre se atentando aos detalhes;
● Se desprenda do celular e prenda a si mesmo: nos momentos de espera ou de tédio, tente trocar o celular por um bloco de anotação, por exemplo, e procure fazer anotações ou desenhos acerca de algo bom que aconteceu com você ou de alguma coisa pela qual você é grato;
● Escreva: crie o hábito de escrever e documentar brevemente aquilo que mais te marcou durante o seu dia, seja algo que você sentiu ou viu;
● Releia e reflita: depois de um tempo, releia as suas anotações, reveja os seus desenhos e reflita sobre eles. Veja os seus significados e analise aquilo que é importante para você, os pequenos momentos e aquilo que te fez feliz; só então você conseguirá observar com detalhes as pequenas coisas.
Não é preciso ser grato a todo momento para ser feliz e saber valorizar as pequenas coisas da vida, mas sim vivê-la se importando com cada momento. Existem muitas coisas que são importantes em sua vida, basta observá-las atentamente e você irá perceber com o tempo o que realmente importa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui